Home / Vida Saudável em Praga

Vida Saudável em Praga

Praga oferece uma multiplicidade de oportunidades para fazer com que o seu estilo de vida de emigrante seja saudável. Este artigo irá ajudá-lo a navegar por importantes decisões, como escolher um médico ou adquirir um seguro de saúde.

 

Cobertura do Seguro

Qualquer estrangeiro que viva na República Checa durante três ou mais meses deve fazer um seguro de saúde. É necessário um comprovativo de seguro de saúde com uma empresa registada no país para ter direito a um visto de longo-prazo. Um residente permanente ou um funcionário oficial de uma empresa checa pode aderir aos funcos de saúde pública. O principal fornecedor de seguros de saúde na República Checa é a Všeobecná zdravotní pojišťovna (VZP). O seguro de saúde pública cobre as permanências em hospitais públicos, cuidados de emergência, visitas a um médico geral, vacinas, dois exames dentários anuais, e prescrição de medicamentos. Os pagamentos do seguro de saúde vêm diretamente dos seus salários. Se tem uma licença de negócio, o seu seguro é pago na altura dos impostos. Se não tem uma residência permanente nem emprego, devo comprar um seguro comercial. A VZP é apenas um dos muitos fornecedores que oferece seguro de saúde privado para estrangeiros.

 

Consultas no Médico

As consultas no médico, incluindo trabalho de laboratório, deve ser gratuito e as receitas são económicas. Pedir recomendações ou prestar uma visita ao seu complexo médico local, cada distrito de Praga tem um, é a melhor forma de escolher um Médico Geral. O fator mais importante na sua decisão deve ser se, ou não, um médico aceitará o seu seguro. Os consultórios de Médicos Gerais não efetuam habitualmente marcações, quem chega primeiro é atendido primeiro. O seu Médico Geral pode fornecer informação sobre especialistas e tratar de marcações em seu nome. Se preferir uma abordagem ocidental à medicina ou necessitar de um médico que fale inglês, as clínicas privadas que servem os emigrantes também são uma opção. Muitas delas oferecem uma série de serviços médicos e dentários sob o mesmo telhado. O seguro de saúde básico checo pode não ser aceite em clínicas privadas e as visitas ao médico podem ser dispendiosas.

 

Pediatras

O Departamento Pediátrico Na Homolce (www.homolka.cz) é um favorito entre os emigrantes que vivem em Praga. A clínica está aberta durante os dias da semana, com serviços de emergência disponibilizados nos fins de semana e feriados públicos. Os médicos e a equipa falam inglês e é aceite o seguro de saúde checo básico. Muitos pais emigrantes procuram recomendações e registam-se no seu pediatra local quando chegam ou antes do nascimento de um filho (se der à luz lá) pois muitos hospitais requerem que os pais preencham um formulário para fornecer detalhes ao pediatra. Os esquemas de imunização são bastante consistentes com os dos países ocidentais.

 

Farmácias

As receitas, tal como as marcações no médico, são bastante económicas. A medicação sem receita, tal como analgésicos, xarope para a tosse e óleos e remes médicos, devem ser adquiridos numa farmácia. Alguns dos medicamentos sem receita mais fortes podem requerer uma prescrição na República Checa. Em cada farmácia encontrará um balcão para prescrições (výdej na recept) e um para medicamentos sem receita (výdej bez receptu). Os medicamentos com uma receita são subsidiados, enquanto a medicação sem prescrição não é, e o paciente deve pagar o custo total.

 

Emergências

Os hospitais designam habitualmente uma seção do hospital para “Cuidados Urgentes”. Se a doença colocar a vida em perigo, frequentemente é melhor contactar ao invés a linha direta do seu médico de emergência. O seu médico pode mediar entre si e o hospital. O Departamento de Pacientes Estrangeiros e Privados na FNMotol (www.fnmotol.cz/en/) especializa-se em cuidados de emergência (para crianças e adultos). As melhores instalações para pacientes queimados são na FN Královské Vinohrady (www.fnkv.cz).

 

Primeiros Socorros e Hospitais

Em caso de não urgência, os médicos e/ou hospitais podem ser diretamente contactados. Os hospitais na Na Homolce e Motol são os mais amigáveis para emigrantes, com departamentos especiais para estrangeiros e falantes de inglês. O Hospital Motol também tem um departamento dedicado ao cuidado de crianças com necessidades médicas a curto e longo prazo, e é capaz de fornecer tradutores e informação em inglês.

 

Hospitais

Mesmo se não tiver um seguro de saúde checo, em situações de emergência, um hospital não lhe irá virar as costas – mas sua companhia de seguros pode não querer pagar a conta. Se tiver um seguro checo ou um Cartão de Seguro de Saúde Europeu, terá de pagar 60 CZK por dia no hospital. Se não tiver nenhum destes está isento da taxa de 60 CZK. As seguradoras de saúde preferem frequentemente que seja tratado num hospital estatal, pois este é mais barato. Em caso de emergência não-urgente, os médicos e/ou hospitais podem ser contactados diretamente. O Na Homolce e o Motol são os hospitais mais amigáveis para emigrantes, com departamentos especiais para estrangeiros e falantes de inglês. O Motol consegue fornecer tradutores e informação em inglês.

Nemocnice na Homolce (Praga 5)

Nemocnice na Františku (Praga 1)

Poliklinika Palackého (Praga 1)

Všeobecná fakultní nemocnicv Praze (Praga 2)

Fakultní Thomayerova nemocnice s poliklinikou (Praga 4)

Nemocnice Podolí gynekologie a porodnice

Fakultní nemocnice v Motole s poliklinikou (Praga 5)

Fakultni s poliklinikou (Praga 5)

Fakultní nemocnice Královské Vinohrady (Praga 10)

Farmácias durante 24 horas

Praga 1, Palackého 5

Praga 2, Belgická 37

Praga 4, Hospital Thomayerova, Vídeňská 800

Praga 5, Štefánikova 6

Praga 5, Hospital Motol, V Úvalu 84

Praga 6 Vítězné nám. 997/13

Praga 7, Fr. Křížka 22

Praga 8, Hospital Bulovka, Budínova 2

Praga 10 Plaňanská 573/1

 

Farmácias durante 24 horas

Praga 1, Palackého 5

Praga 2, Belgická 37

Praga 4, Hospital Thomayerova, Vídeňská 800

Praga 5, Štefánikova 6

Praga 5, Hospital Motol, V Úvalu 84

Praga 6 Vítězné nám. 997/13

Praga 7, Fr. Křížka 22

Praga 8, Hospital Bulovka, Budínova 2

Praga 10 Plaňanská 573/1

 

Dentistas

A odontologia praticada na República Checa é do mesmo padrão elevado de outros países desenvolvidos e os preços são bastante razoáveis. Similar à indústria médica, se o dinheiro não for problema, encontrará excelentes clínicas privadas em Praga que conseguem fornecer indicações em inglês, bem como em outras línguas estrangeiras e desempenharão tratamentos cosméticos, bem como cuidados dentais normais. Mas assim que tiver pago o seu seguro médico obrigatório, pode ser mais prático ir a um dentista local no seu distrito que aceite VZP e OZP, e fale “suficientemente” inglês. Uma consulta dentária básica na República Checa não inclui limpeza — se quiser este serviço será referido a um higienista e pode ter de pagar do seu bolso. Também terá de pagar extra por anestético dentário antes de furar os seus dentes. DICA: O curso de odontologia internacional na Universidade de Charles está sempre à procura de pacientes que necessitem de consultas de rotina, limpezas e enchimentos; todos são gratuitos e sob supervisão de um professor.

 

Emergências Dentárias

Clínica Dentária (Zubní), Praga 1, Palackého 5

Clínica Dentária (Zubní), Praga 4, Pacovská 31

 

Saúde Sexual e Contraceção

O tratamento das DSTs (pohlavní nemoc) é gratuito para as pessoas com seguro; caso contrário pode ser custoso. Compre preservativos (kondomy) nas farmácias e supermercados. O comprimido Depo-Provera, implantes hormonais, e os dispositivos intrauterinos podem ser prescritos pelos ginecologistas. As farmácias vendem testes de gravidez (těhotenský test). Os médicos pode prescrever a pílula do dia seguinte, designada por RU-486 (a pílula do aborto), a qual é legal desde 2014. Os abortos são legais e desempenhados até às 12 semanas da gravidez mas só cobertos pelo seguro se a mãe estiver em risco. O rastreio de cancro na próstata não é um procedimento normal até aos 50 anos, se estiver em risco, discuta-o com o seu médico.

 

Parto

Tipicamente associado com um hospital ou clínica particular, obstetras/ginecologistas não podem cuidar dos seus pacientes em mais nenhum lugar. Ao escolher um hospital – deve registar-se na semana 14 – limita a sua escolha de obstetras e vice-versa. Reúna-se com a sua obstetra/ginecologista para as consultas pré-natal uma vez por mês e, uma vez por semana, até à semana 36, quando visitará o hospital para as consultas até ao parto. VZP (principal empresa de seguro de saúde) cobre as visitas pré-natais, ultrassons, testes de intolerância de glucose, o teste 3 e o cuidado neonatal. Muitos emigrantes contratam uma doula que fale inglês. Maternidades preferidas pelos emigrantes: Podolí, Krč, Motol, Bulovka, Apolinář. Após um parto não complicado, irá permanecer no hospital durante 3 a 4 dias, 5 a 6 dias se for de cesariana.