Home / Compras / Fantoches Checos

Fantoches Checos

Fantoches ChecosOs primeiros fantoches tiveram origem no subcontinente da Índia e encontraram rapidamente o caminho para o Sudeste Asiático e a Europa. O povo checo adora a arte dos fantoches há centenas de anos, inclusive durante os períodos de intensa influência prussiana ao longo do século 18, pois os operadores de fantoches viajantes mantinham o humor e idioma checos em níveis saudáveis nas áreas rurais. Embora a linguagem teatral “legítima” sempre tenha sido alemã, o idioma checo era permitido se fosse interpretado somente por fantoches.

Até tempos recentes, a maioria dos avós sentiram-se obrigados a passar uma coleção dos seus desenhos pessoais carvados em madeira aos seus netos. A influência do teatro de fantoches alcançou o seu pico no período entre 1938 e 1989, enquanto os checos eram governados por diversos regimes fantoches. Nos dias de hoje, Hurvinek e Spejbl, que possuem um teatro permanente localizado em Praga, são conhecidos pelas crianças da Patagónia ao Japão. O produtor cinematográfico, Jan Svankmajer, transforma figuras de madeira em premiadas estrelas cinematográficas.

Fantoches Checos

A maioria dos fantoches comprados nas lojas turísticas de Cesky Krumlov e Praga são recordações. É um artista único que consegue transformar pedaços de madeira em fantoches ágeis, transformando o valor destes em milhares de euros. No entanto, porque os fantoches detêm um presente vibrante e um passado célebre na República Checa, mesmo uma simples bruxa, um pinóquio ou um bobo da corte será uma boa maneira de recordar as suas aventuras checas. www.czechmarionettes.com / www.marionettes-rici.com

PAT

Check Also

Fada Verde – Absinto Checo

O absinto fez o seu regresso em Praga como a bebida de eleição dos estabelecedores de tendências alternativos. É muito bem conhecido como o licor ‘fada verde’, devido à sua cor verde habitual. O absinto é uma mistura poderosa (com 70% de álcool), cujo sabor é enriquecido com a erva de absinto, e no passado, no final do século XIX e início do século XX, era consumido em enormes quantidades por toda a Europa. Graças à adição da erva de absinto e outras ervas, o absinto contém uma neurotoxina psicoactiva chamada tujona.