Home / Atracções / Basílica de São Jorge

Basílica de São Jorge

Basílica de São JorgeComo o mais antigo edifício religioso preservado em Praga, a Basílica de São Jorge (Bazilika Sv. Jirí) é, obviamente, um lugar extremamente importante por diversas razões. A igreja remonta a 920, quando fora fundada pelo Duque Vratislaus I da Boêmia, e os restos do primeiro mártir da Boémia – Duquesa Ludomila – foram lá colocados em 925. Em 973, a igreja fora ampliada graças à fundação da Abadia de São Jorge, e a reconstrução originara uma basílica de três naves de estilo românico inicial e otoniano. Em 1142, um incêndio danificara o edifício, mas fora restaurado para a igreja que se pode ver nos dias de hoje.

Ao longo dos anos, várias adições foram proporcionadas à igreja, começando com a adição de duas torres rochosas brancas durante a reconstrução efetuada em 1142, juntamente com dois conjuntos de janelas românicas. No século XIII, a Capela de Santa Ludomila fora adicionada e seu túmulo fora lá colocado. Grande parte do edifício original fora preservada, tal como o relevo que demonstra os anjos a coroar a Virgem e o lado a demonstrar Ottokar I e sua irmã, a abadessa Inês.

Outras adições incluem o portal da igreja, que demonstra o São Jorge a lutar contra o dragão; o estilo barroco do lado ocidental da igreja, que fora concluído no século XVII; as estátuas de arenito, que foram provavelmente criadas por Johann-Georg Bendl – situadas na frente da igreja; a Capela Barroca de São João Nepomuceno, que fora construída entre 1718 e 1722; e a estátua de São João Nepomuceno, que se encontra no interior da igreja.

Horário de funcionamento: 09h00-18h00 Diariamente (Abril-Outubro); 09h00-16h00 Diariamente (Novembro-Março).

Basílica de São Jorge

 

Convento de São Jorge  

O Convento de São Jorge tem uma fantástica coleção de arte do século XIX, que é exibida em colaboração com o Museu de Artes Decorativas. Esta exposição começa com uma exposição das artes dos artistas da corte de Rodolfo II, inclusive Hans von Aschen, Benedikt Wurzelbauer, Bartholomeus Spranger e Adrian de Vries. No primeiro andar, poderá encontrar uma coleção de obras de arte barroca realmente significantes, que eram muitas vezes utilizadas para embelezar as igrejas e outros locais religiosos nos arredores da cidade de Praga, nos séculos XVII e XVIII.

Alguns dos artistas barrocos lá exibidos incluem Peter Brandl, Václav Reiner e o escultor Matthias Braun, inclusive Skréta. Quando visitar o Convento de São Jorge, observe as obras de Jan Kupecky e Ignaz Platzer; o último destes fora contratado para decorar a Igreja de São Nicolau no Bairro Pequeno.

Localização: Castelo de Praga, Jirské nám. 33

Horário de funcionamento: Diariamente, Abril-Outubro, 09h00-18h00; Novembro-Março, 09h00-16h00; Fechado no dia 24 de Dezembro.

 

[mappress mapid=”12″]

Check Also

Ponte Carlos

A Ponte Charles, do século XIII, costuma estar cheia de turistas e checos em igual número, sobretudo durante os meses de Primavera e Verão. A Ponte Charles certamente ocupa a posição de atracção turística mais importante da cidade e deve ser o primeiro item na sua lista de sítios a ver.