Visitas Autoguiadas com o Elétrico Número 22

Visitas Autoguiadas com o Elétrico Número 22Em vez de optar por uma visita guiada a Praga via autocarro, queira optar pela visita guiada gratuita via elétrico. O elétrico número 22 oferece um agradável passeio para conhecer a cidade de Praga. Este passa aproximadamente a cada 5 a 10 minutos e os passageiros podem entrar ou sair a qualquer momento (um bilhete normal de 32 CZK é necessário e válido por 90 minutos).

Utilize o elétrico da Cidade Nova para se deslocar até ao rio no Bairro Pequeno e, em seguida, até ao castelo (este elétrico pára em Pohorelec). Verá como os elétricos são simples de utilizar. Depois viaje diretamente para o castelo (economizando uma viagem de táxi de 250 CZK e esforços da sua parte).

Comece na paragem de Narodni Trida (em frente à estação de metro que tem o mesmo nome, apanhe o elétrico mais próximo do metro, no mesmo lado da estrada que o supermercado Tesco). Este elétrico circula ao longo de Narodni Trida (Rua Nacional). Por outro lado, porque muitos locais recomendados para dormir e comer estão situados perto da paragem em Namestí Miru (4 paragens antes de Narodni Trida), pode começar a visita guiada por lá.

Narodni Divadlo é a paragem seguinte. Poderá observar o Teatro Nacional em frente ao Café Slavia, pouco antes de o elétrico atravessar o rio. Experimente as opções de aluguer de barco (a ilha tem cais de aluguer), bem como as praias românticas, e aproveite as espetaculares vistas sobre o castelo. Quatro centenas de metros a montante, e mais difícil de visualizar, está A Casa Dançante, que Frank Gehry concebeu.

A paragem seguinte, Ujezd, encontra-se em frente a um parque. Testemunhe o Monumento às Vítimas dos Comunistas – as figuras espectrais de bronze descendem sobre as escadas do parque, no canto. Um teleférico levá-lo-á até a Torre Eiffel de Petrin.

Em seguida, o elétrico viajará para o norte a partir da paragem em Hellichova, viajando paralelamente à Ilha Kampa no lado direito (rio). O elétrico, no lado esquerdo, passa a Igreja de Santa Maria, a Vitoriosa, frequentemente visitada por peregrinos devido ao seu Menino Jesus de Praga. Em seguida, o elétrico subirá lentamente e entrará na Praça do Bairro Pequeno. Poderá visualizar a Ponte de Carlos no lado direito, no final da rua.

Depois, o elétrico parará na paragem mais próxima da Ponte de Carlos, Malostranske Namesti. Esta fica na praça principal do Bairro Pequeno e caracteriza-se pela Igreja de São Nicolau. Aqui, poderá caminhar até ao Castelo de Praga, a partir da rua Nerudova.

No lado esquerdo, aproximadamente 15 metros após a paragem em Malostranska, está a entrada para os Jardins do Palácio de Wallenstein. No lado direito do parque e atrás de si está um memorial moderno aos Combatentes da Liberdade da Segunda Guerra Mundial (depois disso, uma ponte atravessa o rio Vltava até ao Bairro Judeu, Josefov). Agora, o elétrico entrará no percurso mais longo entre estações, ideal para os inspetores de bilhetes aparecerem para pegar todos aqueles que viajam sem bilhetes válidos. Depois de o elétrico terminar a sua subida e fazer uma curva acentuada para a esquerda, poderá notar o Portão de Písek, ou Portão de Areia (Pisecka Brana) no lado direito, que é um dos poucos portões do sistema de fortificação barroca de Praga que ainda se encontra bem preservada.

Kralovsky Letohradek é a paragem seguinte. Imediatamente no outro lado da estrada estão os Jardins Reais e o Palácio Real de Verão, que o levará até um WC público e ao Castelo de Praga.

Se estiver com pressa de apreciar as vistas do castelo, desça na paragem Prazsky Hrad para localizar o percurso mais direto para a entrada do castelo. Se detiver tempo suficiente, aproveite uma espetacular viagem a partir de Pohorelec, descrita abaixo.

Brusnice é a paragem seguinte. A partir desta paragem, poderá ver o bairro Novo Mundo (Novy Svet), uma área congelada no tempo e composta por pequenas casas e ruas de paralelepípedos, sem turistas ou lojas (para chegar aqui a partir da paragem, atravesse o pequeno parque que tem uma estátua, o qual se encontra ligeiramente à frente, no lado esquerdo, e, em seguida, desça as escadas).

Este elétrico agora passará por um cinturão verde (área verde que circunda um região urbana) construído ao lado dos restos das muralhas da cidade. A paragem de Pohorelec é uma rota preferencial para o castelo, bem como a paragem mais próxima do Mosteiro de Strahov. Saia aqui e desça. Como alternativa, poderá apanhar o elétrico na direção contrária e fazer esta viagem em sentido inverso.

Alongar o Percurso: Caso deseje testemunhar a cidade de Praga a funcionar sem qualquer sinal de turistas, permaneça no elétrico por mais três paragens, pois este bairro da década de 1930 está agora habitado por jovens famílias cosmopolitas. Tenha uma refeição económica, mas de boa qualidade, em “No Leão Branco”, que se encontrará à esquerda quando sair do elétrico, ou escolha entre uma grande variedade de bolos de semente de papoula oferecidos pelo pequeno café com padaria no outro lado da rua (ao lado da loja de frutos do mar). Poderá também passear, ou apanhar o elétrico, para (2 paragens mais abaixo) o tranquilo Mosteiro Beneditino, Brevnovsky Klaster. Este está localizado a 5 estações após Pohorelec. Este encontra-se num simples e agradável estilo barroco e possui um restaurante discreto, um jardim e o excelente Hotel Adalberto. Para voltar ao castelo e ao Mosteiro Strahov, a qualquer momento, simplesmente apanhe o elétrico número 22, que se encontrará a fazer o percurso oposto.

PAT

Check Also

Estação Ferroviária Principal de Praga

A estação ferroviária principal de Praga é uma das últimas glórias arquitecturais do decadente Império Habsburg, tendo sido desenhada por Josef Fanta e oficialmente aberta em 1909 com o nome Franz-Josefs Bahnhof. O seu nome foi mais tarde mudado para Estação Wilson, e hoje as pessoas geralmente referem-se a ela como a Estação Principal. Entre 1972 e 1979, a estação foi ampliada com a adição de um novo edifício terminal, incluindo uma estação subterrânea e uma estrada principal no telhado do terminal.