Home / Atracções / Praga de Kafka

Praga de Kafka

Praga de KafkaEmbora ele tenha escrito as suas obras em alemão, Franz Kafka (1883–1924) era praticamente um filho da capital checa. Ele viveu em Praga quase toda a sua vida, assombrando a cidade e sendo assombrado por ela, odiando-a tanto quanto precisava dela. O seu romance O Processo pode ser visto como uma geografia metafísica da Cidade Velha, cujo emaranhado de becos e ruelas fragmentam as típicas fronteiras entre as estradas mais exteriores e os pátios interiores, entre o público e o privado, novo e velho, real e imaginário.

Durante muita da sua vida, Kafka viveu perto da Praça da Cidade Velha, crescendo e indo para a escola, trabalhando e criando amigos; as suas próprias palavras foram: ‘este círculo estreito envolve toda a minha vida’. Muitos guias e circuitos turísticos garantem mostrar-lhe a ‘Praga de Kafka’, mas qualquer familiaridade com a sua obra mostra que tal espaço apenas existia na mente de Kafka. Por isso, ao invés de descrever algum passeio pedestre arbitrário, nós listámos os vários locais associados à vida do escritor por ordem cronológica, para que você possa circular entre eles segundo qualquer percurso que você queira, tal como o próprio Kafka teria feito.

 

Locais em Praga onde você pode recordar Franz Kafka:

Local de nascimento de Kafka

O local de nascimento de Kafka – situado mesmo ao lado da Igreja de São Nicolau – é em U radnice 5, Cidade Velha. Na época, o bairro – situado à beira do gueto judaico – estava muito gasto. A casa foi queimada e tudo o que agora resta é a porta notável. Na placa situada ao lado da casa está escrito “Franz Kafka nasceu aqui em 03 de julho de 1883”. No verão há um pequeno Café Kafka ao nível da rua.

Castelo de Praga, Viela Dourada (Golden Lane)

Se passar pela Viela Dourada (Golden Lane), visite a casa número vinte e dois, onde Franz Kafka viveu por pouco tempo com a sua irmã. Alguns dos seus melhores trabalhos foram aqui escritos, na casa de pedra da sua irmã, escondidos no interior das muralhas do castelo.

Museu de Kafka

Este museu revela a vida e obra de Franz Kafka, que são expostas em fotografias, manuscritos e diários das obras de Kafka, assim como espetáculos audiovisuais. Localização: Hegertova cihelna, Cihelná 2; Horário de funcionamento: todos os dias entre as 10h00 e as 18h00. www.kafkamuseum.cz

Sinagoga Velha-Nova

A cerimónia judaica (Bar Mitzvah) de Franz Kafka foi realizada nesta sinagoga. Na muralha ocidental da sala principal há uma vitrina com a mesma forma que as duas tábuas de pedra em que Moisés recebeu os Dez Mandamentos. As lâmpadas incandescentes minúsculas preenchem a vitrina e são iluminadas no dia de óbito de alguém; uma das lâmpadas está dedicada a Franz Kafka.

Praça Venceslau

Entre 1906 e 1907, Franz Kafka trabalhou aqui como escriturário em alguns dos antigos escritórios de seguros que estavam situados na esquina de Jindrisská.

Praça da Cidade Velha

Este não é somente um local onde se pode encontrar diversos cafés, restaurantes e joias arquitetónicas. Franz Kafka passou aqui muitos anos e na rua vizinha. Na década de 1890 ele frequentou a escola secundária alemã, perto da praça, no Palácio Kinský de cor rosa brilhante. Kafka viveu primeiramente na casa número dois, que estava situada na Praça da Cidade Velha (a casa renascentista U Minuty), ao lado do Relógio Astronómico. Posteriormente, numa altura em que estava doente com tuberculose, Kafka mudou-se com a sua família para a casa número cinco, que se encontrava na Praça da Cidade Velha. O memorial favorito a Kafka está localizado na casa número dezassete, na Praça da Cidade Velha, a antiga casa da socialite Berta Fanta, que administrava um salão de beleza na sua sala de visitas. A placa na casa contém o seguinte: “Neste salão de beleza da Sra. Berta Fanta, Albert Einstein, professor na Universidade de Praga entre 1911 e 1912, fundador da teoria da relatividade e vencedor de um prémio Nobel, tocava violino e reunia-se com os seus amigos, escritores famosos, Max Brod e Franz Kafka”.

Café Louvre

Franz Kafka costumava aqui discutir filosofia no início de 1900. Localização: Národní 20, Cidade Velha.

Café Franz Kafka

Este café pode não estar relacionado com Franz Kafka, mas serve uma tarte de maça deliciosa e um café saboroso. Localização: Siroká 12, Josefov.

Café Arco

Hoje em dia pouco resta deste outrora ilustre café, um dos centros de vida inteletual judaico-alemã nos primeiros anos do século XX, e abriga um café principalmente para polícias. Este costumava ser um ponto de encontro favorito de Max Brod, um grande amigo de Franz Kafka e o maior responsável pela sua fama póstuma. Localização: Hybernská 16, Cidade Nova.

Novo Cemitério Judaico (Cemitérios de Olsany)

Este cemitério – situado fora do centro da cidade – contém o túmulo de Franz Kafka. Diversos sinais irão conduzi-lo pelo caminho em direção ao setor vinte e um, onde se encontra a marca do túmulo de Franz Kafka. Franz Kafka está enterrado por baixo de uma pedra branca simples, juntamente com os seus pais, Hermann Kafka e Julie Kafka. Uma pequena placa por baixo desta está dedicada às três irmãs de Franz Kafka, que morreram em campos de concentração nazis durante a Segunda Guerra Mundial.

PAT

Check Also

Ponte Carlos

A Ponte Charles, do século XIII, costuma estar cheia de turistas e checos em igual número, sobretudo durante os meses de Primavera e Verão. A Ponte Charles certamente ocupa a posição de atracção turística mais importante da cidade e deve ser o primeiro item na sua lista de sítios a ver.